ELEIÇÕES 2022
Indígena maranhense disputará presidência da República
Por José Linhares Jr • 21/07/2022
Compartilhe
Indígena da etnia Tremembé e pedagoga, Raquel diz que pretende atuar na "defesa de uma sociedade igualitária, sem explorados e oprimidos.
Indígena da etnia Tremembé e pedagoga, Raquel diz que pretende atuar na “defesa de uma sociedade igualitária, sem explorados e oprimidos.

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) comunicou que nesta sexta (22) deve acontecer o evento de lançamento da pré-candidatura da indígena maranhense Kunã Yporã de 39 anos de idade , conhecida como Raquel Tremembé, que irá compor a chapa à presidência da República com Vera Lúcia.

Indígena da etnia Tremembé e pedagoga, Raquel diz que pretende atuar na “defesa de uma sociedade igualitária, sem explorados e oprimidos, onde os recursos naturais e a riqueza produzida pelo trabalho do povo sejam todas utilizadas para garantir vida digna a todas e todos, onde seja assegurada a preservação do meio ambiente”.

Integrante da Articulação da Teia de Povos de Comunidades Tradicionais do Maranhão e membro da Secretaria Executiva Nacional da Centra Sindical e Popular (CSP)-Conlutas, a indígena ressalta que o programa de governo da sua chapa é “contra toda forma de opressão”.

“A chapa será composta por duas mulheres, uma operária negra e uma indígena, onde temos o desafio de apresentar um programa socialista contra toda forma de exploração e opressão”, afirma a pré-candidata.

Atráves das redes socias, Vera Lúcia ressaltou que a pré-candidata à vice-presidência irá compor uma chapa “revolucionária e socialista”.

Compartilhe
17/02/2024
PROJETO DE LEI
Deputada tenta acelerar PL que pune preconceito aos políticos
17/02/2024
MARANHÃO
Desemprego no MA atinge menor nível desde governo Roseana
17/02/2024
BENEFÍCIO
Foragido do CV recebeu auxílio emergencial mesmo quando preso

7 Comentários

  1. Anônimo

    Vai já querer liberar a cannabis.

    Responder
  2. Anônimo

    Tu só escreve merda, só fala merda e só faz merda ! Vai te lascar pra lá desgraça ! Quando foi em que se falou de maconha na apresentação da candidata?

    E lula ta vindo ai.

    Responder
  3. Paulo Otávio.

    ESSE ANÔNIMO SÓ PODE SER LOUCO. ELE FALA PARA ELE E ELE MESMO RESPONDE!
    NÃO DÁ PRA CONSIDERAR NADA QUE ELE FALA. EU HEIN!

    Responder
  4. Luiza Sodré

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder
  5. Anônimo

    Tua mãe. Isso aí já é o desespero da derrota !

    Responder
  6. Lelis.

    Não perde teu tempo argumentando com esses doentes. São incuráveis e além de estarem no presídio. Só entendem porrada na venta.
    Manda tomar na tarraqueta com pedra brita que é melhor. Eles gostam.

    Responder
  7. Anônimo

    Eu estou é solto e Lula também!kkkkkkkkkkk

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda