SEGURANÇA PÚBLICA
Governo e Prefeitura definem ações de segurança nos ônibus
Por José Linhares Jr • 20/05/2022
Compartilhe
Participaram da reunião o coronel Sílvio Leite; o delegado-geral da Polícia Civil, Jair Paiva; o subcomandante-geral da PM, coronel Aritanã Lisboa, etc.

Por determinação do prefeito Eduardo Braide, as secretarias municipais de Segurança com Cidadania (Semusc) e de Trânsito e Transportes (SMTT) se reuniram, nesta quinta (19/05), com representantes da segurança pública do Estado para debaterem medidas de reforço à segurança dos usuários do transporte coletivo de São Luís.

“Os casos de violência no transporte público tem causado grande preocupação e, o reforço das ações de segurança certamente trará mais tranquilidade aos trabalhadores e passageiros”, destacou o prefeito Eduardo Braide. 

Na reunião, que aconteceu na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), ficou acordado a integração dos sistemas de todas as forças de segurança do Município e do Estado e o aumento do contingente de policiais, guardas municipais e viaturas nas ruas e avenidas da capital. “A determinação do prefeito Eduardo Braide é conter a onda de violência e, por isso, estamos dobrando o efetivo de guardas municipais nos cinco terminais de integração da cidade”, anunciou o secretário Marcos Affonso.

Já o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Diego Baluz, garantiu o apoio do Centro de Controle de Operações (CCO) para reforçar as operações e o monitoramento das linhas de ônibus que circulam na cidade. “Além de colocar o nosso sistema à disposição das forças de segurança, solicitamos reforços da Polícia Militar dentro dos Terminais de São Luís para auxiliar o efetivo dobrado da Guarda Municipal no combate à criminalidade”, disse o titular da SMTT.

Outras medidas

Como parte do conjunto de ações que serão desencadeadas, foi acordado, ainda, que a SMTT informará às polícias Civil e Militar as rotas de ônibus com maior número de assaltos.

À Polícia Militar caberá intensificar o patrulhamento e as operações de fiscalização nos ônibus em locais mapeados.

Já a Polícia Civil irá atuar com rigor na apuração e elucidação dos casos ocorridos.

Entre as medidas já adotadas pela gestão do prefeito Eduardo Braide, está a presença, desde setembro de 2021, da Guarda Municipal de São Luís (GMSL), que ocupa, durante 24h, os cinco terminais de integração da capital maranhense. São eles: Praia Grande, Cohama, Cohab/Cohatrac, São Cristóvão e Distrito Industrial.

Participaram da reunião, o secretário de Segurança Pública do Estado, coronel Sílvio Leite; o delegado-geral da Polícia Civil, Jair Paiva; o subcomandante-geral da Polícia Militar, coronel Aritanã Lisboa, entre outros membros da cúpula das polícias.

Compartilhe
17/02/2024
PROJETO DE LEI
Deputada tenta acelerar PL que pune preconceito aos políticos
17/02/2024
MARANHÃO
Desemprego no MA atinge menor nível desde governo Roseana
17/02/2024
BENEFÍCIO
Foragido do CV recebeu auxílio emergencial mesmo quando preso

2 Comentários

  1. Anônimo

    Sistema de segurança falido, ineficaz, que não entrega resultados, tendo em vista a grande soma de recursos que consome. Esse é o fato. Não dá pra entender,a conta não fecha, só posso concluir que; existem pessoas, que eu não sei quem são, ganhando muito, muito dinheiro, com esse atual modelo de segurança, não tem outra explicação, pois,se ninguém, absolutamente ninguém, tivesse ganhado, já se teria dado um jeito de mudar esse modelo de segurança.

    Responder
  2. Maranhense raiz

    Governo e prefeitura,dois governos que juntos não dão um .
    Esse Braide vai ser mais um a passar pela prefeitura fazendo obrinhas e postando em redes sociais, São Luís, uma cidade tão linda parou no tempo por falta de um prefeito que tenha projeto de governo acusado para mudar a cara da cidade e não fazer obrinhas e daqui a 4 anos ter a cara de pau de se reapresentar para reeleição.
    Nosso povo gosta de sofre mesmo , aliás merece sofrer, pelos governantes que elegem .

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda