NOTAS
Coluna Upload 14/01/2023
Por José Linhares Jr • 14/01/2023
Compartilhe
Eliziane planta, Duarte Jr quer bater, Flávio Dino na mira e Paulo Victor segue voraz.

NÃO OLHE PARA CIMA – O deputado federal Duarte Jr (PSB) divulgou amplamente uma matéria informativa (release) em que se coloca como “tropa de choque” do governo Lula. Segundo a peça, a tarefa lhe foi dada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB).

Além da virulência no trato com adversários caracterizado por transformar o ambiente legislativo em algo irrespirável para adversários, as tropas de choque de governo também são caracterizadas por uma turva de bajuladores.

Por tempos o parlamentar abraçava a figura juvenil do grupo de heróis “Vingadores”. Chegando a vestir-se de Capitão América nas redes sociais. Eleito deputado federal, assume a figura de membro de tropa de choque.

Evoluiu?

A QUEDA – O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino (PSB), assumiu a função de ministro mais espetaculoso do governo Lula. Desde antes de assumir, o ex-governador do Maranhão tomou para si o cargo de voz do governo. É provável que nem todos os outros 36 colegas, juntos ou separados, tenham convocado tantas entrevistas coletivas quanto Dino.

Há algumas semanas, o jeito de ser ministro começou a colocar Dino no olho do furacão de vários tropeços.

Setores do PT, insatisfeitos com o protagonismo forjado de Dino, já começam a tirar nacos do comunista. Nenhum petista de alto escalão aceitará Dino ofuscando Fernando Haddad.

Será que Flávio Dino irá ser o primeiro a resistir ao poderia da máquina de assassinar reputações petista?

CONTROLE ABSOLUTO – O vereador Paulo Victor (PCdoB) é hoje o político mais ativo do cenário local. O desejo de assumir o Palácio de La Ravardiére colocou o parlamentar na linha de frente de quase todas as negociações políticas. Não há demanda perdida para Paulo Victor, até as mais escabrosas que envolvam mensagens de telefone e Conselho de Ética na Câmara de Vereadores.

Qual será o custo de todo esse voluntarismo?

A MALDIÇÃO DA CHORONA – Em sua busca pela saída do anonimato, a senadora Eliziane Gama (Cidadania) planta notícias na imprensa regularmente. Já tentou ser vice na chapa de Dória (PSDB), de Rodrigo Pacheco (PSD) e fincou o pé ao lado do petismo na CPI da Pandemia. Após meses plantando, não houve colheita.

Faltam quatro anos.

Compartilhe
17/02/2024
PROJETO DE LEI
Deputada tenta acelerar PL que pune preconceito aos políticos
17/02/2024
MARANHÃO
Desemprego no MA atinge menor nível desde governo Roseana
17/02/2024
BENEFÍCIO
Foragido do CV recebeu auxílio emergencial mesmo quando preso

4 Comentários

  1. Alsenir Bruno Da Silva

    Sobre o ministro da justiça, Flávio Dino (PSB-MA), a sua atuação na gestão de uma das mais graves crises da nossa história que é o atentado violento ao Estado Democrático de Direito por terroristas bolsominions, está a altura de membro do alto escalão do governo federal, muito bem preparado, para gerir esse grave conflito.

    As suas coletivas foram bem a tempo e de acordo com o que o brasileiro precisa para ter conhecimento sobre quais medidas foram e devem ser tomadas para restabelecer a paz e a segurança.

    Golpes nunca mais!

    Responder
  2. Toninho Tijolada

    Bla bla bla,o vedete conhecerá a máquina de moer reputação em breve, só tem gogó, frouxo.
    Mas uma coisa devemos nos curvar e agradecer, nosso estado ficou nacionalmente conhecido com a administração dele;
    Faminto e miserável…..éramos felizes e não sabíamos.

    Responder
  3. Toninho Tijolada

    Linhares sério,independente e competente jornalista,sem muito rodeio escreve tudo.
    Parabéns pelo excelente trabalho.
    Ficou top o modelo de nos informar.

    Responder
  4. José Pereira

    Tudo que diz respeito a essa quadrilha, sempre brota a perseguição, a mentira, distorção da realidade, a hipocrisia e, principalmente, a miséria deixada ao longo de suas desatrosas acoes.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda