EMPATIA
Bolsonaro liga para família de petista morto em tiroteio
Por José Linhares Jr • 13/07/2022
Compartilhe
Bolsonaro disse que nada justifica à violência. E o convidou os familiares do petista para um encontro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, ligou para a família do tesoureiro do PT de Foz de Iguaçu, Marcelo Arruda, morto após troca de tiros com um eleitor do presidente no último domingo (10 julho).

Bolsonaro, na tarde desta terça (12 junho), disse aos familiares de Arruda que nada justifica à violência. Afirmou ainda que a esquerda está tentando politizar o assassinato.

O presidente, em tom de respeito, convidou os familiares para participarem de um encontro.

“Estamos ainda definindo se vamos para Brasília ou se vamos pedir para o presidente vir a Foz “, afirmou o irmão de Marcelo ao GLOBO.

Os irmãos do petista, procurados pelo presidente, são apoiadores de Bolsonaro.

José Arruda afirmou ao GLOBO que Bolsonaro estava “sensibilizado” pelo acontecimento e que lamentou não poder acompanhar a visita do deputado Otoni de Paula, que intermediou a conversa entre o presidente e os familiares.

Arruda defendeu o presidente e afirmou que ele não “aceita” violências como a que aconteceu com seu irmão.

“Ele não aceita esse tipo de coisa, essa violência. As pessoas estão usando o nome dele, e ele não aceita esse tipo de atitude”.

Compartilhe
17/02/2024
PROJETO DE LEI
Deputada tenta acelerar PL que pune preconceito aos políticos
17/02/2024
MARANHÃO
Desemprego no MA atinge menor nível desde governo Roseana
17/02/2024
BENEFÍCIO
Foragido do CV recebeu auxílio emergencial mesmo quando preso

3 Comentários

  1. Anônimo

    Crime com uma clara motivação política. E só repercute aqui depois que o Bozobostaro entra em contato com as famílias. Tá certo !

    Responder
  2. tony

    Esse Bolsonaro não vale nada, cara nojento

    Responder
  3. Felix

    Como diria zé raimundo, o bumba-meu-boi de bolsonaro dançou no terreiro de luladrão. Além de ladrão, é vacilão. Assim como FD, é rodeado por um bando de incompetentes e limitados.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda