BATEU, LEVOU
Após ser acusado de golpista, Michel Temer chama Lula de bandido
Por José Linhares Jr • 26/01/2023
Compartilhe
Troca de farpas entre ex-presidente e petista começou após negacionismo do processo de impeachment sofrido por Dilma Rousseff.

Em sua viagem a Buenos Aires, o presidente Lula afirmou que Dilma Rousseff foi vítima de um “golpe de Estado”. Lula ainda disse que “o Brasil entrou num retrocesso que jamais imaginei que o Brasil poderia entrar”. Após divulgar nota em que repudiava as falas do petista, o ex-presidente Michel Temer deu a entender que o presidente é um bandido.

“Vocês sabem que depois de um momento auspicioso no Brasil, quando governamos de 2003 a 2016, houve um golpe de Estado. Se derrubou a companheira Dilma Rousseff com um impeachment. A 1ª mulher eleita presidenta da República do Brasil”, disse Lula.

Dilma Rousseff sofreu impeachment em 31 de agosto de 2016. O processo passou pelo Congresso Nacional e foi supervisionado pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Na Câmara, a destituição da então presidente teve 367 votos a favor, 137 contra e 7 abstenções. Já no Senado, foram 61 votos favoráveis e 20 contrários.

Após as declarações de Lula, Michel Temer divulgou nota em suas redes sociais.

Após a nota, em entrevista à jornalista Dora Kramer, Temer disse desconhecer a motivação do petista para os reiterados ataques. Apesar disso, temer afirmou que não permitirá ser “abusado” e prosseguiu.

“Acho que eu sou uma pessoa muito educada, mas eu quero lembrar que fui secretário de Segurança Pública de São Paulo e sei lidar com bandido”, disse.

Compartilhe
17/02/2024
PROJETO DE LEI
Deputada tenta acelerar PL que pune preconceito aos políticos
17/02/2024
MARANHÃO
Desemprego no MA atinge menor nível desde governo Roseana
17/02/2024
BENEFÍCIO
Foragido do CV recebeu auxílio emergencial mesmo quando preso

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda